União Brasil aposta em pesquisas qualitativas para definir perfil de vice de Botelho
Fonte: Da Redação 04/05/2024 ás 12:17:52 438 visualizações

A presidente do União Brasil em Cuiabá, Gisela Simona, disse que o partido não faz discussões sobre nomes e negou a tentativa de projetar a secretária de Estado de Assistência Social, Grasielle Bugalho (sem partido), a vice do pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá e presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho (UB). Conforme Gisela, neste momento, a sigla executa pesquisas qualitativas para definir o perfil do vice. A decisão deve ficar para junho, próximo às convenções. 

"Não, não tem uma discussão de nomes ainda. O que existe é uma discussão de perfil, na verdade, pesquisa qualitativa sendo feita, essa busca pelo perfil que a população também queira", falou Gisela Simona ao HNT nesta quinta-feira (2). 

O Progressistas e o Republicanos disputam nos bastidores o espaço no palanque de Botelho. Para Gisela, essa movimentação é esperada e motivada pela pressão das executivas nacionais que pedem aos partidos para "fazer" prefeitos e vices, principalmente, nas capitais. O PP, inclusive, tenta filiar Bugalho para ter vantagem nas negociações, já que a secretária é o nome ventilado como de preferência do governo por compor o alto escalão de Mauro Mendes (UB), conforme noticiado pelo Hipernotícias. 

"Existe o interesse. Todos os partidos que vem para esse arco de aliança, ter um vice do seu partido é sempre muito importante. As nacionais pedem isso dos partidos, que tenha alguém disputando, principalmente na capital", explicou Gisela.

A ponderação dos partidos para empurrar as discussões após as convenções é uma estratégia para não prejudicar as conjecturas em torno das coligações. 

"Estamos aguardando esse desfecho e acredito que no mês de junho, provavelmente, deve ter alguma definição", finalizou Simona.

Enviar um comentário
Comentários
Mais notícias