Criminoso que confessou ter estuprado e matado mãe e suas três filhas é indiciado pela polícia
Fonte: Da Redação 06/12/2023 ás 21:16:16 955 visualizações

A polícia indiciou nesta quarta-feira (6) Gilberto dos Anjos, de 32 anos, pedreiro que confessou ter estuprado e matado mãe e suas três filhas no dia 25 de novembro, em Sorriso (397 km de Cuiabá). O criminoso irá responder pelos crimes de homicídio qualificado, estupro, feminicídio, morte por asfixia e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. O inquérito policial foi concluído pelo delegado Bruno França. 

Pelos crimes cometidos contra Cleci Calvi Cardoso, 46 anos, e Miliane Calvi Cardoso, 19 anos, o acusado foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado pela crueldade, recurso que impossibilita a defesa da vítima para garantir a execução de outro crime, menosprezo à condição de mulher e estupro.

Já pelo assassinato de Manuela Calvi Cardoso, de 13 anos, foi indiciado por homicídio qualificado pela crueldade, recurso que impossibilita a defesa da vítima para garantir a execução de outro crime, menosprezo à condição de mulher contra vítima menor de 14 anos e estupro de vulnerável.

No caso de Melissa Gabriela Cardoso, de 10 anos, o indiciamento foi por homicídio qualificado pela asfixia, recurso que impossibilita a defesa da vítima para garantir a impunidade de outro crime e menosprezo à condição de mulher contra vítima menor de 14 anos.

O CRIME

A polícia foi acionada ao local do crime depois que vizinhos sentiram falta da família, que não foi vista durante todo o final de semana. Militares do Corpo de Bombeiros e PMs, então, entraram na residência, no bairro Florais da Mata, depois de ninguém atender aos chamados.

No local, os agentes encontraram as vítimas mortas com sinais de abuso sexual e cortes de faca no pescoço. Duas foram encontradas dentro de um quarto e outras duas, no corredor.

CONFISSÃO

Em depoimento, o criminoso confessou a autoria do crime e ainda disse que estuprou as mulheres enquanto elas agonizavam pelos cortes a faca no pescoço.

“O interrogado esclarece que, após esfaqueá-las, tirou as roupas de três delas, as roupas da dona da casa (CLECI), a da filha maior (MILIANE) e da filha do meio (MANUELA); o interrogado esclarece que não fez nada com o corpo da vítima menor; que quanto às outras três vítimas, o interrogado afirma que depois de tirar as roupas delas, introduzi os dedos nas vaginas delas, de todas elas, com exceção da vítima menor; o interrogado afirma que acariciou as partes íntimas delas apenas com os dedos; que questionado se as vítimas ainda apresentavam sinais vitais quando do momento em que ele retirou as roupas delas, o interrogado afirma que todas se contorciam quando ele retirou as roupas delas;”, traz trecho do interrogatório.

Segundo o criminoso, ele ainda declarou que, logo depois de toda a ação, ‘se desesperou’ e saiu da casa sem levar nada, pela janela do banheiro da residência, mesmo lugar que usou para invadir a casa.

Enviar um comentário
Comentários
Mais notícias