Botelho promete acionar a Justiça se adversários não andarem na linha
Fonte: Da Redação 31/03/2024 ás 20:11:05 1047 visualizações

O presidente da Assembleia Legislativa (ALMT) e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Eduardo Botelho (União Brasil), afirmou nessa semana que não comentaria sobre ataques feitos por adversários a sua vida empresarial, mas que não tolerará ataques pessoais. O parlamentar alertou os opositores de que tem acionado a Justiça em tais casos. 

O tensionamento eleitoral tem sido mais acirrado com o federal Abilio Brunini (PL), que tenta pregar em Botelho a pecha de ser o sucessor do atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB). Botelho alega que não vê necessidade de entrar em picuinhas, porém, se houver acusações covardes e mentirosas, prometeu resposta por meio de ações judiciais.

"Em relação a críticas e ataques, eu não vou ficar respondendo isso, não tenho tempo para isso, nós temos que arrumar Cuiabá, temos que trabalhar, não tenho tempo de ficar respondendo conversinha fiada toda hora. Agora, os ataques covardes e mentirosos serão respondidos na Justiça. Todos estão sendo judicializados", argumentou.

"O TSE fez uma determinação de que as mentiras têm que ser duramente combatidas. As fake news têm sido duramente combatidas, então, aconselho os candidatos a andarem em cima de proposta e verdades. Chega de mentiras, chega de ataques, queremos construir Cuiabá", emendou.

Nesta semana, o Ministério Público Eleitoral emitiu parecer pela condenação de Abilio Brunini (PL) pela prática de propaganda eleitoral antecipada negativa contra Botelho, nas redes sociais, ao associar seu adversário e a sua família, em negócios com a atual gestão municipal. O documento é assinado pela promotora Lindinalva Correia Rodrigues. 

Enviar um comentário
Comentários
Mais notícias