POLÍCIA ▸ PRONTO SOCORRO

Vítima de maus-tratos em Poconé está com suspeita de morte encefálica

A criança de dois anos vítima de maus-tratos em Poconé (104 km de Cuiabá), está internada no Pronto-Socorro de Várzea Grande, com quadro neurológico gravíssimo, entubada com suspeita de morte encefálica. O casal de tio da criança foi preso ontem (04.11) em flagrante, suspeito de ser o responsável pelos maus-tratos.

“A criança foi trazida de Poconé e deu entrada no Pronto-socorro de Várzea Grande com hematomas na região do crânio, na região do corpo, ela foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, entubada, em estado neurológico gravíssimo e o exame físico suspeita para morte encefálica, apenas aguardando os protocolos necessários e do neurologista”, contou uma fonte da Unidade de Saúde.

A tia, que tem a guarda provisória da criança, relatou na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), que encontrou a menor desacordada, caída ao lado da cama. Por volta das 06h30, ela deu banho na menina e a levou a unidade de saúde, mas em decorrência da gravidade dos ferimentos, a criança teve que ser transferida para o Pronto-Socorro.

Segundo o Conselho Tutelar de Poconé que acompanha o caso, a menina tem histórico de maus-tratos praticados pelos pais biológicos que faziam uso de álcool e drogas. Há cerca de cinco meses, a guarda provisória da criança estava com o tio paterno e sua esposa.

A equipe do Conselho Tutelar, após receber o laudo médico, procurou à Delegacia do município para registrar a ocorrência. Os pais da criança também compareceram na unidade policial, momento em que receberam voz de prisão.

Comentários