POLÍTICA ▸ OPORTUNISTA

Vereador Ademir Zulli quer acabar com o recesso depois de ter utilizado por vários anos

Após quase no fim do terceiro ano de mandato dos vereadores de Poconé, o ex-presidente da Câmara, Ademir Zulli propôs um projeto de resolução que acaba com o recesso parlamentar no legislativo poconeano.

Zulli foi vereador no período de 2000/2004 e presidente da Câmara de Poconé no biênio 2017/2018 e não teve a ideia genial de acabar com o recesso parlamentar, agora neste mês de julho, a pouco menos de 1 ano e 5 meses para terminar o mandato, propôs o projeto.

Atualmente, A Câmara Municipal realiza sessões, de 15 de fevereiro a 30 de junho e de 01 de agosto a 15 de Dezembro. São considerados férias legislativa de 16 de dezembro a 14 de fevereiro e o mês de julho.

Apesar do mês de julho constar como recesso na Lei Orgânica e no Regimento Interno da Camara Municipal de Poconé, neste mês, foram realizadas sessões nos dias 2, 9 e 16, entrando em recesso somente a partir o dia 18/07 que termina no próximo dia 31/07.

Conversamos com alguns parlamentares, e vários deles classificaram o ex-presidente Ademir Zulli como oportunista, segundo eles, o vereador usou o recesso por vários anos e agora quase no fim do mandato, quer acabar com o recesso que ele mesmo utilizou.

Já pensaram em 2020, um mês antes da eleição, um vereador propõe o fim da verba indenizatória. Será que vai devolver os recursos que já utilizou? Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Galeria de Fotos

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários