POLÍTICA ▸ ABSOLVIDOS

TSE nega recurso que pedia cassação de vereadores em Poconé

O Ministro Edson Fachin do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou recurso da Coligação Avante Poconé contra o mandato de quatro vereadores do município de Poconé.  A alegação era fraude nas candidaturas de pessoas do sexo feminino.

A coligação tenta cassar os vereadores desde o fim das eleições em 2016, em todas as instancias perderam os recursos.

Em sentença, a juíza da zona eleitoral em Poconé já tinha julgado improcedente os pedidos formulados nos autos. A coligação “Avante Poconé” e o Ministério Público Eleitoral recorreram ao TRE, que, por unanimidade, manteve a decisão de primeira instância.

Com a decisão do TSE ficam mantidos os mandatos do presidente da Câmara Municipal de Poconé, Professo Bal (DEM) e dos vereadores Camila (PSC), Zé Correa (PR) e Ademir Zulli (PTB).

Comentários