MUNDO ▸ ACUSAÇÕES

Trump rejeita nova acusação de abuso sexual contra Brett Kavanaugh

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou no domingo (15) pedidos de democratas por um impeachment do juiz da Suprema Corte dos EUA Brett Kavanaugh, após uma nova reportagem sobre acusações de abuso sexual contra o magistrado.

Trump, que defendeu ferozmente Kavanaugh durante seu controverso processo de confirmação, descartou a nova acusação como "mentira". No Twitter, ele afirmou que Kavanaugh "deveria começar a processar pessoas por difamação, ou o Departamento de Justiça ir em sua ajuda."
Durante o processo de confirmação da indicação de Kavanaugh para o Supremo, em outubro de 2018, ele foi acusado por duas mulheres de abuso sexual nos anos 80, época em que era estudante na Universidade de Yale. Kavanaugh desmentiu veementemente as acusações, que prejudicaram o processo para sua confirmação.

Novas acusações

As últimas alegações de má conduta sexual contra Kavanaugh surgiram como parte de uma investigação de 10 meses do jornal "The New York Times". Em um artigo publicado no periódico no sábado (14), Max Stier, um ex-colega de Yale, disse que viu Kavanaugh em uma festa no dormitório universitário em que amigos "empurraram o pênis dele na mão de uma aluna".

Comentários