ESPORTES ▸ SEGUNDONA

TJD julga nesta 5ª feira denúncia do Sorriso contra a equipe de Poconé

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) julgará nesta quinta-feira, às 19 horas, a denúncia protocolada pelo  presidente do Grêmio Sorriso, Irineu Zambiasi, por suposta escalação irregular na primeira semifinal, na qual o Sorriso foi derrotado por 4 a 1 pelo Poconé. A equipe sorrisense alega que o volante Natan Rafael, autor de dois gols, no confronto, estava suspenso automaticamente pelo terceiro cartão amarelo e mesmo assim foi relacionado.

Os auditores da comissão do tribunal podem decidir por aceitar e denúncia e excluir o Poconé da competição, com isso, o time da capital do agronegócio está diretamente na final e garantido na primeira divisão do Estadual do ano que vem.

O TJD já acatou o primeiro pedido do Sorriso para suspender a semifinal da segunda divisão do Mato-grossense até ser julgada a ação.

A decisão, também pode ser por improcedência da denúncia, com isso o Grêmio tem que disputar o último jogo da semifinal, e fazer 4 gols em cima do adversário, 3 leva a decisão para os pênaltis, isso porque perdeu o primeiro jogo por, 4 a 1.

O Nova Mutum, que venceu o Cacerense, está na final da segundona do mato-grossense e garantiu vaga na Série A de 2020. Agora, aguarda o desenrolar da situação para decidir o título com Sorriso ou Poconé.

Comentários