CIDADES ▸ TRANSFERÊNCIA

Sesp desativa cadeia pública de Poconé e detentos são transferidos

A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) confirmou que desativou as atividades da Cadeia Pública da cidade de Poconé (100 km de Cuiabá). Diante da inatividade da unidade, os 53 detentos foram transferidos para Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres (240 km de Cuiabá).

A pasta informou que o fechamento da cadeia pública serve para cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Governo de Mato Grosso, Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, por meio da Presidência do TJMT e do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Penitenciário (GMF), no dia 13 de maio. 

Um dos pontos estabelece a desativação de pequenas unidades prisionais, transferindo os presos e agentes para unidades maiores, onde haja vagas e necessidade de segurança.

O TAC foi assinado ainda com a anuência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público de Contas e foi dado conhecimento para a Defensoria Pública de Mato Grosso e Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso (OAB/MT).

Conforme informações apuradas pelo HNT/HiperNotícias, dos 53 presos, 16 foram levados à Penitenciária Central do Estado (PCE), localizada no bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá.

Os outros foram levados à unidade do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), em Cuiabá, Capão Grande, em Várzea Grande, e para a Cadeia Pública de Cáceres. Os nomes dos detentos não foram informados pela assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública.

Comentários