POLÍTICA ▸ CRITICAS

Selma Arruda chama advogados de meliantes; presidente da OAB repudia e faz críticas

O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, repudiou o artigo de opinião da senadora Selma Arruda (PSL), intitulado “Mato Grosso X Brasília, jogo empatado”. Nele, Selma ataca diretamente a OAB, e chama operadores do direito de “meliantes travestidos de advogados” e que a Ordem está compondo o “circo” fazendo menção a tentativa de anulação de operações, com base nos depoimentos de policiais militares na investigação da Grampolândia.

“Recebi esse artigo com perplexidade e decepção. Trata-se de um conteúdo discutível intelectualmente. São afirmações levianas e superficiais que acusam a OAB e o Poder Judiciário sem qualquer tipo de fundamento, principalmente por ter vindo de alguém que tem formação jurídica”, disse Leonardo ao .

O presidente da OAB afirmou ainda que não aceita a pecha de que existam meliantes na advocacia. “As acusações que pesam sobre os acusados não passam das figuras deles, justamente porque os advogados estão cumprindo um papel constitucional, fundamental para a Justiça. Repudiamos quando a senadora diz que a OAB participa de um circo. Primeiro, ela precisa conhecer a história da OAB antes de fazer esse tipo de acusação”.

Leonardo continua a crítica afirmando que o artigo de Selma talvez seja fruto do “desespero” de alguém que saiu da figura de “paladina da moralidade” e agora se vê condenada por unanimidade por caixa 2 e abuso de poder econômico. Em 25 de julho, o recurso sobre a decisão condenatória no TRE foi rejeitado, agora o caso deverá ser tratado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em um dos trechos do artigo, Selma fala que a OAB se omitiu em relação ao combate da corrupção. “A OAB até agora omitiu-se no combate aos corruptos. Agora, se levanta na defesa desses criminosos e, agindo por interesse próprio, acaba enchendo de lama os nomes de muitos advogados honestos, que sequer foram consultados a respeito”, disse a senadora. 

Comentários