ESPORTES ▸ FORMULA 1

Schumacher acompanha jornada do filho Mick rumo à Fórmula 1, revela presidente da FIA

Presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt revelou que o heptacampeão Michael Schumacher tem acompanhado os progressos do filho Mick rumo à Fórmula 1 - o jovem de 21 anos deve estrear em 2021 pela Haas. Após sofrer lesões cerebrais num acidente de esqui em dezembro de 2013, Schumi tem seu estado de saúde escondido pela família, mas Todt, grande amigo do alemão desde os tempos em que dirigia a Ferrari, tem visitado regularmente o ex-piloto.

- É claro que ele o está seguindo. Mick provavelmente vai correr na Fórmula 1 no próximo ano, o que será um grande desafio. Teríamos o maior prazer em ter um novo Schumacher ao mais alto nível do automobilismo - disse o presidente da FIA à TV francesa RTL.

Sobre o estado de Schumacher, como de costume Todt deu uma declaração vaga, apenas destacando que o heptacampeão está bem amparado em sua casa na Suíça:

- Esta é uma questão sobre a qual serei extremamente reservado. Vejo Michael com muita frequência - uma ou duas vezes por mês. Minha resposta é a mesma o tempo todo - ele luta. Só podemos desejar para ele e sua família que as coisas melhorem. Ele é muito bem cuidado e está em um lugar muito confortável.

Comentários