BOCA NO TROMBONE ▸ COVID-19

Rodrigo Maia sugere eleições final do ano

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira (21) que o Congresso Nacional estuda adiar o primeiro turno das eleições municipais deste ano para 15 de novembro ou 6 de dezembro – as duas datas caem em um domingo. Maia defende ao adiamento das eleições, mas que ocorram ainda este ano para não haver prorrogação dos mandados. A expectativa é que até estas datas a pandemia já tenha sido contornada e não tenha risco à população.

Maia ponderou, no entanto, que antes de pensar na data é preciso resolver se a decisão será mesmo a favor do adiamento. A partir daí, ressaltou que a escolha da data será resolvida após consulta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso.

Já o senador Wellington Fagundes (PL) afirmou essa semana que vai apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para adiar as eleições e os mandados de prefeitos e vereadores por dois anos. A sugestão é que a eleição seja realizada em outubro de 2022, junto com a eleição para presidente, governador, senador e deputado federal.

Comentários