ESPORTES ▸ BRASILEIRO

Reserva do Corinthians, Atacante Róger Guedes vive novo atrito na carreira

O momento de Róger Guedes no Corinthians já não é o mesmo do início pelo clube. O clássico com o São Paulo, no último domingo, marcou a segunda partida consecutiva sem o atacante sair do banco de reservas. São apenas 51 minutos jogados nos últimos quatro jogos.

Artilheiro do time na temporada, com sete gols, Róger perdeu espaço. Vítor Pereira, treinador do Timão, falou em "falta de confiança" ao esclarecer os motivos pelos quais não vem utilizando o atacante.

– Não tenho problema pessoal com nenhum jogador. Estou aqui para ajudá-los, para que melhorem em qualidade. Mas eu tenho que fazer a equipe e escolher as substituições em função do que eles me dão em treino e jogo. Portanto, o Róger que já teve momento bom, fez gols, hoje é um jogador que está com alguma dificuldade de responder mesmo em termos de treino, em termos de lutar para dar a volta – disse Vítor após o clássico.

Róger Guedes se encontra em xeque mais uma vez, após momentos conturbados nas passagens por Palmeiras e Atlético-MG – ambas com gols, mas também com polêmicas.

A chegada de Róger Guedes ao Corinthians, em agosto de 2021, foi motivo de festa para a torcida corintiana. Ao mesmo tempo, porém, os relatos de palmeirenses e atleticanos alertavam para possíveis problemas.

O atrito atual envolve, além da entrega e confiança, uma questão de posicionamento em campo: Róger Guedes já mostrou sua preferência em atuar aberto pelos lados do campo, não como centroavante.

– Tomara eu que ele me transmitisse a confiança para contar com ele para alterar um jogo ou começar uma partida. Mas eu não estou sentindo esta confiança. Isto não quer dizer que ele não queira, não estou dizendo isso – disse Vítor Pereira.

– Se me perguntar, eu queria treinar o Liverpool, com todo respeito que tenho ao Corinthians– completou.

Comentários