POLÍTICA ▸ PARLAMENTO MIRIM

Projeto Câmara Jovem é sancionado pelo Prefeito Táta Amaral (DEM)

A Prefeitura Municipal de Poconé, por meio da lei 2013/20, assinada pelo prefeito Táta Amaral e publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município, sancionou o projeto de lei que cria o parlamento jovem de Poconé.

A Câmara Jovem de Poconé encaminhará propostas ao Poder Legislativo, relativas a temas como educação, saúde, assistência social, cultura, esporte, lazer, meio ambiente, além de outras que se caracterizem como de interesse público.

As propostas apresentadas pelos “Parlamentares Jovens”, deverão ser encaminhadas como “Proposições” que após aprovadas pelo Plenário Jovem serão direcionadas para algum vereador em particular, para mesa diretora ou diretamente Câmara dos Vereadores de Poconé e somente aí, se transformaram em propostas, votadas e se aprovadas serão destinadas para respectivas autoridades competentes.

O Parlamento Jovem de Poconé terá sempre o mesmo número de cadeiras da Câmara Municipal e o mandato do jovem parlamentar será de 02 (dois) anos permitida à recondução sendo sua função considerada de caráter educativo e participativo.

Havendo 11 (onze) vagas para vereadores jovens, estas serão subdivididas, sendo: 3 (três) para jovens de 18 a 28 anos de idade e 9 (nove) para adolescentes e jovens de 14 (quatorze) a 17 (dezessete) anos de idade.

O Projeto:

A Câmara Municipal de Poconé, por meio do projeto Câmara Jovem, irá oferecer aos estudantes a oportunidade de conhecer o Poder Legislativo, o cotidiano e as funções desta Casa de Leis e dos vereadores.

A Câmara Jovem tem por objetivo ampliar e solidificar a participação política da juventude estudantil da cidade nas discussões de problemas sociais. Envolvendo as escolas e estudantes do município na elaboração de projetos de lei, vivenciando na prática o trabalho do vereador.

Comentários