POLÍTICA ▸ PANDEMIA

Prefeitura de Livramento vai adotar medidas mais duras contra Covid

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira entre o prefeito Silmar de Souza, o vice Thiago Almeida, a secretária da Saúde Rita Aurélia, vereadores Renan Miranda e Oneide Assunção, e demais membros do Poder Público Municipal, se discutiu mais uma vez da necessidade da Prefeitura do município adotar medidas mais rígidas que tem por objetivo frear o aumento de contaminação de Covid-19 no lugar. Casos positivos da doença - somados a internações e mortes por Covid-19 - voltou a crescer na terra dos papa-bananas nos últimos dias, em especial, na sede do município.

Somente neste mês de janeiro as notificações de casos saltaram de 1.325 para 1.401. Os confirmados saíram de 588 passando para 630 elevando assim o número de pessoas ativas com a doença de 02 para 40. Os óbitos também cresceram junto saindo de 10 e pulando pra 12 (segundo dados do boletim informativo desta terça-feira, 12).

“Os planos estão sendo alinhados para que a equipe de profissionais da Secretaria da Saúde, médicos, enfermeiros, servidores e Agentes Comunitários de Saúde possam atuar no enfrentamento da segunda onda do coronavírus”, destacou a secretária Rita. “Sendo assim, um novo decreto irá reformular novas exigências a serem  cumpridas”, acrescentou o prefeito Souza.

As mudanças previstas poderá ser o fechamento das academias ao ar livre, a volta do toque de recolher, proibição de encontros e rodas de conversas em pontos da cidade, recomendação do uso da máscara, cumprimento de horários de funcionamento dos estabelecimentos, entre outros.

Comentários