POLÍCIA ▸ ESCLARECIDO

Polícia Civil esclarece furto de gado com prisão de suspeito em Poconé

O furto de três cabeças de gado em uma propriedade rural em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) foi esclarecido em ação conjunta da Polícia Civil com apoio da Polícia Militar com a prisão de um dos autores e identificação de associação criminosa envolvida nos crimes de furto mediante confiança e abuso de confiança e receptação.

A subtração do gado ocorreu na segunda-feira (22), em uma fazenda a cerca de 30 quilômetros da área urbana de Poconé. O dono da propriedade descobriu o fato somente na quinta-feira (25), quando percebeu o rastro de veículo próximo ao pasto. 

Um funcionário confessou a participação no furto e foi conduzido pela Polícia Militar à Delegacia de Poconé para prestar esclarecimentos. Com a condução do suspeito, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações para recuperar os animais e identificar outros envolvidos no crime.

Durante as diligências, os policiais da descobriram a propriedade em que o gado furtado foi desembarcado, assim como uma situação de flagrancial de associação criminosa.

Segundo as investigações, o funcionário da fazenda ajustado com a sua namorada e seu concunhado fizeram a subtração dos animais, que em seguida foram entregues na propriedade de uma terceira pessoa identificada como receptador do gado.

Os policiais foram até ao local onde localizaram as três cabeças de gado furtadas que foram restituídas à vítima.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Maurício Maciel Pereira, a princípio não havia situação do flagrante do furto, porém mediante a identificação dos demais envolvidos, o funcionário foi possível a atuação pela crime de associação criminosa.

“As investigações continuam em inquérito policial instaurado na Delegacia de Poconé, que irá apurar o envolvimento dos suspeitos no crime de furto qualificado pela confiança, assim como da pessoa que adquiriu as rezes pelo crime de receptação”, explicou o delegado.

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários