CIDADES ▸ GESTÃO

Poder Judiciário de MT dá início a elaboração do Plano de Logística Sustentável 2021-2026

O Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça de Mato Grosso se reúne com as áreas da instituição para dar início aelaboração do Plano de Logística Sustentável (PLS) 2021-2026. Reuniões de planejamento tiveram início na segunda-feira (23 de novembro) e seguem até 1º de dezembro para que seja formatado plano de ação de cada coordenadoria, que resultará na elaboração do PLS, que vai estabelecer e acompanhar práticas de sustentabilidade do Judiciário estadual.

O Plano estará alinhado ao Planejamento Estratégico Participativo (PEP 2021-2026), Plano de Contratações, Capacitação e Tratamento de Riscos do macroprocesso de contratações, conforme estabelecido pelas Resoluções ns. 201/2015 e 347/2020, do Conselho Nacional de Justiça.

Ana Carolina Ribeiro da Cunha Ferreira, líder do Núcleo Socioambiental do TJMT, explica que as reuniões serão no sentido de reunir informações das áreas, já que cada uma já tem definido seu planejamento estratégico.

“Cada área é responsável por um indicador específico já delimitado pela Resolução 201, como impressão, gestão de resíduos, energia elétrica, entre outros. Vamos elaborar o PLS atrelado ao PEP e ao Plano de Contratações e verificarmos, através de estudos, o que será viável para fomentarmos o consumo mais consciente e melhorias voltadas de acordo com cada área, a médio e longo prazo”, disse.

De acordo com Ana Carolina Ribeiro da Cunha Ferreira após a série de reuniões, com base em tudo o que foi extraído, debatido com as áreas, o Plano de Logística Sustentável será formatado e enviado à Presidência para apreciação.


Temas tratados nas reuniões - papel copo descartável e água envasada; energia elétrica; água e esgoto; qualidade de vida no trabalho; impressão; gestão de resíduos; sensibilização e capacitação socioambiental; vigilância; limpeza; telefonia; combustível e veículos; obras e reformas.

A Resolução 201/2015 - trata da política de sustentabilidade no Poder Judiciário e a implementação do PLS como instrumento de gestão administrativa e o objetivo é a sustentabilidade ambiental, econômica e social por meio da criação de unidades ou núcleos socioambientais e implantação do Plano de Logística Sustentável.

PLS - é uma ferramenta estratégica de gestão que permite o controle dos gastos, sob a ótica da real necessidade de consumo, estruturado em indicadores, metas de desempenho e planos de ações anuais (ou plurianuais), que subsidiam inovações e melhorias na Administração Pública.

Comentários