POLÍCIA ▸ SEQUESTRO

PF suspeita que traficantes tenham sequestrado piloto que saiu de Poconé

A Polícia Federal investiga se o avião que desapareceu com um piloto de Mato Grosso foi roubado para o transporte de drogas. Valmir Nogueira Moreira, de 63 anos, que pilotava a aeronave, decolou de um hangar, em Poconé, a 104 km de Cuiabá, com destino a uma fazenda Corumbá (MS) também desapareceu.

A comunicação sobre o desaparecimento foi feita no dia 18 de julho na Central de Ocorrências, em Cuiabá. Depois disso, a investigação foi encaminhada à PF.

Um mecânico e dono do hangar em Poconé o levou até cidade e de lá pegou o avião e até hoje não fez contato.

Sobre o paradeiro do piloto, a Polícia Civil investiga os últimos contatos do piloto. À família, Valmir disse que retornaria em quatro dias, mas não deu mais notícias.

O idoso é piloto agrícola há 35 anos. No período da entressafra, porém, ele estava fazendo trabalhos extras. Na ocasião do desaparecimento, ele levaria uma peça para um avião que estava estragado.

Comentários