POLÍCIA ▸ TARADO

Pastor é afastado de igreja ao ser acusado de mandar foto do pênis para mulher em MT

Um pastor da igreja Metodista foi afastado de suas funções como líder religioso após ser acusado de enviar fotos de seu pênis para uma mulher, em Peixoto do Azevedo (675 km de Cuiabá).

O afastamento foi confirmado pela direção da igreja ao portal Só Notícia, nesta segunda-feira (24). Informações dão conta que a mulher que recebeu as fotos não faz parte da comunidade religiosa liderada pelo pastor.

O conselho ministerial da igreja teria decidido que a conduta da liderança será avaliada por um conjunto de pastores supervisores, que adotarão medidas de restauração de caráter diante da denúncia.

Outro caso

Conforme noticiado pelo HNT/HiperNotícias na última semana, a Polícia Civil de Carlinda (775 km da Capital) investiga denúncias de que um padre teria sido filmado abusando de fieis.

O caso está sendo investigado pelo delegado Pablo Bonifácio Carneiro. A polícia informou que duas vítimas já foram ouvidas e a autoridade policial está analisando imagens do fato para tentar saber se realmente o abuso aconteceu. O crime teria acontecido enquanto as vítimas estavam passando próximo do padre.

Além disso, Carneiro deverá realizar novas diligências para apurar as informações. A estimativa é de que o suspeito será ouvido nos próximos dias.

Comentários