MUNDO ▸ COVID-19

Papa Francisco critica quem viajou no fim do ano para fugir de restrições

O Papa Francisco condenou quem viajou nas festas de fim de ano em meio à pandemia de Covid-19 para evitar restrições de lockdown em seus países de origem.

O recado do pontífice foi dado por meio de um vídeo gravado no Palácio Apostólico do Vaticano neste domingo (3).

"Eles não pensaram naqueles que estavam ficando em casa, nos problemas econômicos que atingiram várias pessoas durante o lockdown, nas pessoas doentes, apenas em sair no feriado e se divertir. Eles realmente me entristeceram", disse.

"Nós não sabemos o que 2021 vai nos reservar, mas o que todos podemos fazer juntos é um pouco mais de esforço para cuidarmos uns dos outros. Existe a tentação de cuidarmos apenas de nossos interesses", continuou o pontífice.

O número de casos e mortes por Covid-19 no mundo segue crescendo. Apenas nos dois primeiros dias de 2021, foram registrados mais de 1,1 milhão de novos casos e mais de 17 mil novas mortes pela doença, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Comentários