POLÍCIA ▸ AGRESSOR

Padrasto é preso suspeito de maus-tratos contra enteada de 3 anos em MT

Um homem de 33 anos foi preso suspeito de maus-tratos contra a enteada dele, de 3 anos, em Lucas do Rio Verde, no norte do estado, nesta semana. Segundo a Polícia Civil, a mãe da menor foi ouvida e confessou que deixava o companheiro agredir a filha como forma de corrigir a criança.

De acordo com o Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher da Delegacia de Lucas, as investigações iniciaram após denúncia anônima recebida pelo Conselho Tutelar do município, que apontavam que o padrasto agredia a enteada durante o banho.

Para praticar as agressões, segundo a polícia, o suspeito ligava o chuveiro e agredia a criança deliberadamente, sendo os gritos da menina ouvido pela vizinhança.

Com base nas informações passadas, as investigadoras do Núcleo foram até a residência do casal para apurar os fatos, ocasião em que encontraram a menina com várias lesões na perna.

Diante das evidências, a mãe e o padrasto foram encaminhados à Delegacia de Lucas do Rio Verde, onde a criança passou pela escuta especial, sendo confirmada a denúncia de que ela era agredida.

O casal foi interrogado pelo delegado Eugênio Rudy Junior, sendo o padrasto autuado em flagrante pelo crime de maus-tratos majorado.

O delegado informou que o suspeito permaneceu calado durante o interrogatório, mas a mãe revelou que, pelo menos por três vezes, ele agrediu a menina.

Comentários