CIDADES ▸ SUSPEITA

Paciente com sintomas de coronavírus dá entrada no PAM de Poconé

A Secretaria Municipal de Saúde de Poconé informou na manhã desta quarta-feira (25), que um paciente buscou atendimento médico na Unidade de Urgência e Emergência (PAM), apresentando problemas respiratórios, um dos sintomas do coronavírus.

Segundo a Secretária Municipal de saúde, Ilma Figueiredo, apesar de procurar a unidade de saúde hoje, o paciente já teria feito a coleta do exame na capital, e preferiu continuar o tratamento por lá.

O Paciente foi encaminhado para Cuiabá e segue em tratamento no Hospital Santa Rosa. Caso a suspeita seja notificada na Secretaria de Estado de Saúde para Poconé, será o segundo caso suspeito registrado no município. Os casos em Poconé ainda são suspeitos e aguardam resultados dos exames.

Laboratórios

Além do Laboratório Central do Estado (Lacen), estão credenciados para fazer o exame do coronavírus os laboratório Carlos Chagas e o do Hospital Santa Rosa. Laboratório da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) de Rondonópolis já está em processo de credenciamento.

Casos em MT:

A Secretaria de Saúde Estadual (SES) confirmou sete casos de coronavírus em Mato Grosso. Cinco deles são em Cuiabá, um é em Várzea Grande, região metropolitana da capital, e um em Nova Monte Verde, a 920 km de Cuiabá.

Outros 269 casos são investigados pela secretaria por serem suspeitos do Covid-19.

Ações diárias para ajudar a prevenir a propagação de vírus respiratórios:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão
  • Usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.

Comentários