POLÍTICA ▸ 4º MANDATO

Neurilan Fraga toma posse na AMM e diz que rusga com novos prefeitos deve ser superada

O ex-prefeito de Nortelândia, Neurilan Fraga (PL), eleito sem a participação dos novos prefeitos empossados em 1º de janeiro no processo, tomou posse nesta quarta (13) para o quarto mandato na presidência da Associação Mato-grossense dos Municípios.

A eleição que o manteve no comando da entidade aconteceu em 15 de dezembro do ano passado após briga judicial e só foi realizada com autorização do Tribunal de Justiça (TJMT) após suspensão de decisão de primeiro grau.

Para Neurilan, no entanto, imbróglio ocasionado durante o período eleitoral já está superado e, agora, seu foco é em sua gestão. Ele pontuou que ações movidas pelos prefeitos de Campo Verde, Alexandre Lopes (PTD) e de Lucas do Rio Verde (MDB), Léo Bortolin, foram retiradas.

“Eleição cada uma tem uma história. Você pega a eleição de prefeitos e tem a disputa no município. Contra, seu adversário, oposição. Naquele momento do calor da eleição tem reações diferentes, mas passa a eleição e a vida continua. Tem que unir quem ganhou com quem perdeu e fazer com que as coisas aconteçam”, disse em entrevista ao .

Seu foco, conforme revelou, é o diálogo com os novos prefeitos eleitos para explicar sobre o funcionamento da associação. Reeleito, Neurilan recebe salário de R$ 24,9 mil e comanda uma estrutura de 57 funcionários efetivos, mais os terceirizados da Central de Projetos. O orçamento da entidade é de R$ 14 milhões.

Para essa gestão, destacou que vai trabalhar para aumentar a quantidade de serviços prestados pela AMM e ampliar a atuação em Brasília para trazer mais recursos para os municípios em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Segundo Neurilan, pauta municipalista para este ano inclui vários temas, como a aprovação do acréscimo de 1% do Fundo de Participação dos Municípios - FPM em setembro, além do avanço das reformas Tributária, Administrativa e do Pacto Federativo, consideradas muito importantes para os municípios. Estão também na pauta projetos relacionados à saúde, educação, licitação, entre outros.

“Desde o ano passado fizemos o orçamento e fizemos nosso planejamento. Porém com esse crescimento da pandemia vamos ter que fazer algumas adequações. Inclusive no dia de hoje teríamos reunião com o ministro [Eduardo] Pazuello para discutir a questão da vacinação contra o novo coronavírus”, pontuou.

Neurilan Fraga foi reeleito com 76 votos (64%) do total de 119. A chapa derrotada era encabeçada pelo ex-prefeito de Água Maurão Rosa (PSD). Antes da eleição, Neurilan articulou a reforma do estatuto da AMM. Além de impedir os novos prefeitos de votar, aumentou o mandato de dois para três anos.

Comentários