MUNDO ▸ FOGO

Na Indonésia, 185 pessoas são presos suspeitas por queimadas intencionais

A Indonésia foi atingida por queimadas nas florestas nas ilhas de Borneo e Sumatra, e quase 200 pessoas foram presas por suspeita de envolvimento com os incêndios.

Uma fumaça densa que veio do fogo nas florestas forçou as escolas a fechar, impediu trânsito aéreo e deixou milhares doentes.
Os bombeiros, com equipamentos precários, têm dificuldade para controlar os incêndios.

As queimadas foram iniciadas por humanos, de acordo com o porta-voz da Polícia Nacional, Dedi Prasetyo.

Ele anunciou na segunda (16) que prendeu 185 pessoas.


Assim como na Amazônia, durante os meses de seca, os desmatadores derrubam a mata e queimam a floresta.

Neste ano, cerca de 328 mil hectares foram queimados, de acordo com o órgão indonésio responsável por gerenciar desastres.

Fumaça vira problema internacional
Os incêndios na Indonésia fizeram com que a qualidade do ar em Singapura, um país vizinho, tenha sido classificada no sábado (14) como "insalubre" pela primeira vez em três anos.

O nível de concentração de partículas PM 2,5 (com até 2,5 micrômetros de tamanho, as mais prejudiciais para a saúde) ficou entre "elevado" e "alto".

Comentários