CIDADES ▸ TURISMO

Município de Poconé vai sediar a próxima reunião do projeto Investe Turismo

Portão de entrada da Transpantaneira, rodovia que corta parte do Pantanal indo até Porto Jofre, Poconé (a 104 km de Cuiabá) integra a Rota Pantanal Norte-Chapada dos Guimarães do Projeto Investe Turismo, fruto de convênio firmado entre Sebrae, governo de Mato Grosso, Ministério do Turismo e Embratur, cujo foco é promover o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos turísticos locais. Além de Poconé, outros quatro municípios integram a Rota: Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Nobres e Cáceres. Todos eles vêm recebendo uma série de trabalhos para transformar todo o potencial turístico em produtos, visando incrementar a economia e o desenvolvimento do município e região.

Um dos eixos principais do trabalho é a governança. Nesse sentido, os envolvidos fazem na quarta-feira, 06/11, das 09h às 17h, no Auditório da Secretaria de Saúde do município, uma reunião para discutir o mapa das ações estratégicas para o turismo local. No encontro serão discutidas as ações prioritárias para o turismo, elaboração de projetos, como buscar fontes de financiamento e critérios de apoio do Ministério do Turismo. Ao final, os participantes vão fazer uma avaliação dos resultados do trabalho.

O objetivo do encontro, explica a gestora do projeto no Sebrae MT, Marisbeth Gonçalves, é finalizar o mapa estratégico do turismo com as informações do diagnóstico de destinos turísticos inteligentes (DTI). “A ideia é compilar os principais gargalos evidenciados no DTI e as ações prioritárias para formar um mapa consolidado com as ações de desenvolvimento para o turismo nos próximos anos”.

Marisbeth ressalta que estão trabalhando alinhados com a estratégia de fortalecer o turismo em Poconé e estão propostas algumas ações de fortalecimento do turismo cultural, com a perspectiva de desenvolvimento de novos produtos na sede do município.


 
Na avaliação do vereador licenciado Walney de Souza Rosa, atual Secretário de Turismo e Cultura, o terceiro setor e o poder público almejam as mesmas coisas, potencializar o turismo no município. “Vemos que a instância de governança é uma importante ferramenta para estimular todos os envolvidos e alcançar resultados econômicos e sociais para a população, explorando mais o turismo e nunca o turista, que automaticamente voltará ao município e divulgará com satisfação a experiência que viveu aqui”, defende.

“Sobre a instância de governança regional (IGR), acredito que vamos unir esforços para multiplicar resultados. Essa é a intenção de sete municípios pantaneiros  ­ Cáceres, Poconé, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio de Leverger, Barão de Melgaço, Vila Bela da Santíssima Trindade e Porto Esperidião - que se reuniram para formar a Associação da Região Turística Pantanal Mato-grossense e fortalecer o turismo regional, além de fazer uma gestão compartilhada na área. Dessa experiência surgiu o Fórum de Debates oriundo da IGR, dentro do programa de regionalização do turismo”, detalha.

Em 14 de novembro, Dia do Homem Pantaneiro, haverá o lançamento da marca turística de Poconé, uma entrega do Projeto Investe Turismo para o município. Será dentro da programação da Semana do Homem Pantaneiro, de 11 a 17, que terá várias atividades como a abertura de rotas para turismo rural, noite cultural,  feira de livros, cinema e muito mais.

Comentários