CIDADES ▸ OURO

Mineração responsável resulta em reconhecimento internacional a Poconé

O empresário Valdinei Mauro de Souza, CEO  da mineração Santa Clara, do grupo Fomentas Mining Company, localizada no município de Poconé, é o entrevistado desta semana do programa Nada Pessoal, conduzido pelos jornalistas Antero Paes de Barros e Pedro Pinto de Oliveira. 

Na entrevista, o empresário fala sobre impactos ambientais e defende que a mineração, quando feita da forma correta e respeitando as questões legais e a natureza, não afeta o meio ambiente. Segundo ele, os estragos são mínimos quando há planos de trabalho, alinhados com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, entre outras autoridades.

Ney, como é conhecido na região, também fala um pouco da sua história de vida, sobre como se tornou um dos maiores empresários da mineração do país e premiado internacionalmente atuando em Mato Grosso, tendo nascido em Nortelândia, a então chamada Cidade do Diamante.

Ney ainda fala das grandes diferenças entre garimpos ilegais e a mineração responsável, apontando quais impactos os chamados garimpos de dragas podem causar à natureza, quando mal administrados. Isso porque, segundo ele, há muitas cooperativas se instalando e fazendo da forma correta este tipo de garimpo. Inclusive com o controle correto da quantidade de mercúrio a ser utilizado e até o não uso, como algumas de suas empresas já vem fazendo.

Premiação - A mineração Santa Clara foi a primeira do Brasil a participar da Iniciativa Suíça de Ouro Responsável, um programa do governo da Confederação Suíça e da Associação Suíça Ouro Responsável (Swiss Better Gold Association) e a receber a certificação para exportação do minério com bonificação/prêmio de aproximadamente de 1 a 2 milhões de dólares por ano.

A certificação se deu após a empresa cumprir as duas fases do projeto. A primeira envolve critérios ligados à inclusão social, proteção aos direitos humanos e às relações de trabalho (não praticar trabalho escravo e nem infantil e seguir as leis trabalhistas), bem como cuidados ao meio ambiente (tratamento dos resíduos) e gestão de riscos.

Após as obrigações normativas vem a fase 2, onde as plantas iniciam a exportação do ouro responsável e recebem a bonificação para cada grama de ouro comercializado.

Comentários