POLÍCIA ▸ COVARDE

Membro do Comando Vermelho sequestra e estupra menina de 13 anos

Uma adolescente de 13 anos foi estuprada violentamente durante a madrugada desta terça-feira (07), após ser ‘pega’ à força pelo agressor, 19 anos, suposto membro da facção Comando Vermelho, e ser levada para a casa dele, onde a violência foi consumada na Avenida Tancredo Neves, próximo à subida da Cohab Nova, no bairro Massa Barro, em Cáceres (221 km da Capital).

Uma testemunha, que estava na casa do acusado e viu o momento em que a garota foi assediada e levada para dentro de casa, fugiu por medo após ser ameaçado de morte com uma faca e acionou a Polícia Militar (PM).

A vítima foi socorrida pela PM bastante debilitada, com hematomas pelo rosto, pescoço e ainda reclamando de dores na virilha. A roupa da menina tinha ainda manchas vermelhas, aparentando ser sangue.

Os militares encaminharam a adolescente ao Hospital Regional, onde recebeu cuidados médicos específicos.

De acordo com a ocorrência, após o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) acionar indicar o endereço do acusado, A PM se deslocou à residência, quando ao bater na porta o estuprador atendeu já com as mãos na cabeça alegando que não tinha feito nada.

Ao ser questionado sobre a menina, o rapaz disse que estava em casa com a sua namorada e que a mesma estava no quarto.

Os policiais pediram para que a vítima saísse, momento em que a menor apareceu com a boca ferida, escoriações pelo corpo e com dificuldades para andar.

O acusado foi detido, momento em que a menina começou a relatar o que tinha acontecido.

Segundo a adolescente, ela passou por volta das 04h pela avenida, quando foi abordada pelo rapaz que puxou assunto. Nesse momento ele pegou a garota, entrou em casa e foi direto para o quarto.

A garota explica que tentou reagir, disse que não queria fazer sexo com o acusado, porém, ele usou de violência física para imobilizar a menina e consumar a violência sexual.

Em relação aos hematomas e ferimentos, a adolescente explicou que o estuprador chegou a enforcá-la, além de tapas e de tentar tapar a boca dela, com força, para que não gritasse, ferindo bastante, já que a vítima usa aparelho ortodôntico.

Ainda segundo a vítima, ela desmaiou enquanto o rapaz a estuprava e acordou com o acusado jogando álcool sobre ela e ameaçando que se ela contasse para alguém o que ele tinha feito a entregaria para o Comando Vermelho.

A ocorrência foi registrada por crime de estupro de vulnerável e o pedófilo preso em flagrante.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e ficou à disposição da Justiça.

Comentários