POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES

Medeiros critica aliança com Mauro Mendes e diz que votará em coronel Zózima se lançar em MT

O deputado federal José Medeiros (PL) voltou a criticar a aliança do PL com o governador Mauro Mendes (União), e afirmou que essa aproximação do chefe do poder executivo de Mato Grosso, ocorre por oportunismo. Segundo Medeiros, Mauro Mendes sempre criticou o presidente e citou as cartas assinadas pelos governadores durante o início da pandemia da covid-19, repudiando a postura de Bolsonaro.  

"Infelizmente [Mauro Mendes] vai ser um aliado, que criticou o presidente da República o tempo inteiro, escreveu cartas, criticou aliados e agora como, presidente em Mato Grosso é muito bem avaliado, por oportunismo político ele vem conosco", disse o deputado nesta sexta-feira (5) durante a convenção estadual do PL.  

Medeiros ainda afirmou que o senador Wellington Fagundes (PL) não precisaria desta aliança para vencer as eleições. O parlamentar afirmou que irá fazer sua campanha e irá buscar uma outra alternativa votar e apoiar ao governo, citando a coronel Zózima, pré-candidata ao governo pelo PTB.    

Medeiros é adversário político do governador Mauro Mendes e um dos principais críticos de sua gestão. Apesar disso, decidiu se filiar ao PL mesmo sabendo da possível aliança que a sigla faria.   A convenção do PL ainda não começou por conta de uma série de reuniões que o governador Mauro Mendes está fazendo no Palácio Paiaguás para tentar definir o seu palanque.

Comentários