CIDADES ▸ DENGUE

Mato Grosso tem 14 mortes por H1N1 confirmadas no 1º semestre de 2019

Mato Grosso registrou 14 mortes por H1N1 no estado, segundo dados do Informe Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), divulgado na quarta-feira (24). O levantamento leva em consideração os casos confirmados até a 28ª semana do ano.

As mortes foram registradas nos municípios de Água Boa, Bom Jesus do Araguaia, Cuiabá, Pedra Preta, Poconé, Rondonópolis, Sinop, Terra Nova do Norte, Várzea Grande.

Cuiabá tem o maior número de morte, com cinco casos.

Por causa do índice, O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Cuiabá e a Coordenadoria de Vigilância a Doenças e Agravos emitiram um alerta sobre a Influenza.

O aviso foi emitido após a vigilância receber informações sobre a morte por Influenza (gripe) de uma adolescente, que morava em São Paulo, e que estava em uma excursão turística na qual participaram alunos da rede privada de ensino de Cuiabá e outros municípios de Mato Grosso.

Ainda segundo o boletim, durante o período analisado, foram hospitalizados 251 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Após exames, 38 casos foram confirmados como Influenza, sendo 30 casos de H1N1, 1 de Influenza A Sazonal/H3 e sete de Influenza B.

Outros 135 foram descartados e 27 seguem sob investigação.

Comentários