POLÍCIA ▸ PROCURADO

Marido suspeito de matar enfermeira tem prisão decretada pela justiça

O marido da enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, de 43 anos, que estava desaparecida e teve o corpo encontrado em um córrego nessa terça-feira (8) em Sinop, a 503 km de Cuiabá, é procurado pela Polícia Civil.

Ronaldo da Rosa teve a prisão decretada e é considerado foragido. De acordo com o delegado Carlos Eduardo Muniz, a crime foi motivado por constantes discussões entre a vítima e o marido e também com um soldado da Polícia Militar.

O policial, Marcos Vinicius Pereira Ricardi, de 26 anos, prestava serviços no estabelecimento da família, foi preso e confessou o crime. Zuilda estava desaparecida desde o dia 27 de setembro.

O policial trabalhava no estabelecimento comercial da família e confessou a participação no crime, assim como indicou o local onde o corpo foi ocultado. O desaparecimento da enfermeira foi registrado no dia 28 de setembro pelo marido da vítima.

Durante as investigações, foram realizadas diversas diligências como perícias técnicas no carro da vítima, análises imagens, mensuração do tempo em que levaria cada ato narrado pelos suspeitos.

O crime foi esclarecido após a Polícia Civil realizar novo interrogatório com o policial, quando o suspeito confessou o crime, que ocorreu em frente à residência da vítima.

Comentários