POLÍCIA ▸ ABUSO EM CASA

Mãe passa mal após descobrir que filha era abusada por avô materno em Mato Grosso

A mãe de uma menina de 12 anos passou mal e precisou ser hospitalizada após descobrir que a filha dela havia sido estuprada pelo avô materno. O fato aconteceu na última segunda-feira (08), no município de Nova Mutum (240 km de Cuiabá). 

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo Conselho Tutelar a comparecer no Pronto Atendimento da cidade, depois que a mãe da adolescente foi levada para o local porque havia passado mal. Ela relatou ao médico que o motivo era ter chegado ao seu conhecimento que sua filha havia sido abusada sexualmente por seu pai, avô da criança. A mãe disse que a filha contou à tia sobre os abusos. 

A mulher contou ainda que, em 2020, de julho a setembro, a menor morou com o avô no Maranhão e nesse período a adolescente afirmou ter sido estuprada cinco vezes. Depois que retornou para Nova Mutum, a menina disse ter sofrido mais cinco abusos sexuais do avô.  

Durante os estupros, a adolescente disse à tia que o avô a ameaçava com uma faca dizendo que se ela contasse algo para alguém, iria matá-la.

Os conselheiros tutelares conversaram com a adolescente, que, a princípio, negou os abusos do avô. Depois, disse ter sido estuprada por um primo do padrasto, que teria chegado em sua casa bêbado e passado a mão em suas partes íntimas.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e será investigado pela Polícia Civil.

Comentários