VARIEDADES ▸ FAKENEWS

Ludmilla vai à delegacia denunciar perfis que a acusam de traição

Ludmilla resolveu dar um basta e tirou a manhã desta segunda-feira (25) para ir até a Delegacia de Crimes Virtuais, localizada na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, Zona Norte do Rio. A cantora está empenhada em denunciar perfis fakes que estão espalhando na internet que ela estaria traindo sua atual mulher, Brunna Gonçalves. 

As acusações, que viralizaram nas redes sociais, apontam que Ludmilla estaria tendo um caso com uma amiga chamada Thassia Cavalcante. No entanto, nenhuma prova concreta sobre a suposta traição foi divulgada. O único material que foi publicado sobre o suposto caso extraconjugal foram algumas fotos de Ludmilla com a moça e alguns prints, mas que não provam nada, além de uma suposta conversa de Thassia com Ohana Lefundes, a bailarina de Anitta que já viveu um affair com a Poderosa, em que as duas supostamente estariam falando em um trecho do bate-papo sobre o tal caso da moça com Ludmilla. 

Por conta da divulgação da suposta traição, Ludmilla viu seu nome ir parar entre os assuntos mais comentados do Twitter neste domingo (24). Procurada, a assessoria de Ludmilla emitiu o seguinte comunicado sobre o assunto:

"A cantora esclarece através de sua assessoria de imprensa que o conteúdo a respeito dos supostos diálogos envolvendo duas mulheres que, de forma indevida usam seu nome, são inverídicos. A cantora está muito bem casada e focada em seu mais recente lançamento, o EP “Numanice”. Ludmilla e sua equipe não irão mais comentar as falsas afirmações feitas por perfis de haters na internet, cabe as supostas autoras das mensagens esclarecerem seu conteúdo e não a artista comentar fakenews. Lembramos ainda que difamação nas redes sociais pode ser configurado como crime virtual."

Comentários