CIDADES ▸ MUSICA

Líricas Negras traz quatro vozes e percussão a Poconé em apresentação gratuita

Com repertório de músicas relacionadas às tradições religiosas de matriz africana e obras da cultura africana, o “Sonora Brasil” chega a Poconé nesta quinta-feira (14/11), com a apresentação do grupo “Líricas Negras”. Quatro vozes se unem a elementos percussivos a partir das 19h30, no Sesc Poconé. O projeto nacional está em sua 22ª edição e tem como tema “Líricas Femininas – A presença da mulher na música brasileira”. A entrada é gratuita.

Georgia Camara (RJ), Vanessa Melo (BA), Rosa Reis (MA) e Negravat (SP) também cantam obras de compositoras negras que exploraram outras abordagens, que se relacionam com a música de concerto e com a música popular, ampliando o espectro desta produção para além da segmentação racial.

O Sonora Brasil é o maior projeto de circulação musical do país. Promovido pelo Sesc, já alcançou 750 mil pessoas, com 6.098 concertos, de 85 grupos, em mais de 150 cidades brasileiras. Ao todo, 431 músicos já se apresentaram no circuito, que a cada biênio aborda duas temáticas diferentes e promove a circulação dos artistas por todas as regiões brasileiras.

Neste ano, os temas apresentados são “A Música dos Povos Originários do Brasil” e “Líricas Femininas – A presença da mulher na música brasileira”, divididos em Líricas Modernas, Líricas Negras, Líricas Transcendentes e Líricas Históricas que, até o fim de 2019, vão somar 350 apresentações, em 97 cidades, realizada por 63 artistas.

Comentários