POLÍCIA ▸ LOJA DE VG

Jovem usa arma falsa para assustar amigo e acaba baleado por Policial militar

Jovem de 21 anos levou um tiro no maxilar no começo da noite de quarta-feira (24), após usar uma arma de brinquedo para assustar os amigos, em um comércio na avenida Ulisses Pompeu de Campos, em Várzea Grande. Um policial que estava no local flagrou a cena, acreditou que se tratava de um roubo, reagiu e atirou contra o rapaz.

De acordo com as informações divulgadas pela Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam), o caso foi registrado por volta das 19h30 em uma oficina mecânica.

Testemunha contou que um homem chegou no local portando um arma de fogo e que tentou enquadrar um dos funcionários. Mas, um cliente que estava fazendo manutenção no veículo particular, na verdade era um policial, que teria se identificado e pediu para o homem soltar a arma.

 

Testemunhas contaram que o policial chegou a gritar “Polícia, largue a arma!”, mas o rapaz não soltou. Consta no boletim de ocorrência que o jovem “continuou se aproximando, inclusive ciclando a pistola que estava em suas mãos”.

Diante do risco, o policial disparou um tiro contra o então suspeito, que caiu ferido no local. Arma falsa Enquanto a ocorrência estava em andamento, Guarda Municipal ouviu o tiro e compareceu no lugar para dar apoio.

Já com a vítima no chão, policiais constataram que se tratava de um simulacro de arma de fogo. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e o rapaz encaminhado para uma unidade médica com um ferimento na região do maxilar.

O estado dele é grave, mas estável. PM informou que ele não corre risco de morte. Corregedoria da PM foi informada do caso, bem como os comandantes da Rotam e a Polícia Civil.

Irmão da vítima esteve na ocorrência e contou que o rapaz encontrou o simulacro na rua, na parte da manhã. Ele tinha dito para o irmão se desfazer do objeto, o que não ocorreu.

Comentários