POLÍCIA ▸ ESTUPRO

Jovem denuncia que foi obrigada fazer sexo oral em dentista em consultório em Cuiabá

Uma jovem de 20 anos registrou, nesta quarta-feira (20), uma denúncia de assédio sexual, ocorrida no consultório de um dentista no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. Na denúncia, a mulher diz que o homem colocou o órgão genital para fora da calça, pegou a mão dela e colou no órgão. O dentista não teve identidade revelada.  

Conforme informações da Polícia Civil, em depoimento a mulher contou que foi até o consultório e que, enquanto aguardava atendimento, a vítima foi surpreendida pelo suspeito. Ao entrar, ele trancou a porta e, em seguida, abaixou a calça, pegou a mão da jovem e colocou em seu órgão. Na sequência, ele tirou o órgão genital da roupa e continuou se masturbando na frente dela. 

Com a porta trancada, com medo e coagida, a vítima afirmou que ficou sem reação. O homem ainda forçou a mulher a fazer sexo oral nele.

Após o crime, ela saiu e procurou a delegacia de Polícia Civil para registrar o fato. O crime será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher. 

Comentários