POLÍCIA ▸ FEMINICIDIO

Jovem de 21 anos é morta pelo marido em MT após se recusar a mostrar o celular durante briga do casal

Uma jovem de 21 anos foi morta pelo marido dela, após se recusar a mostrar o celular dela durante uma briga do casal na residência em que moravam, em Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá, no último sábado (28). Gabrielly da Silva Coelho Oliveira levou golpes de canivete no peito e não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, Ernando Oliveira da Silva, de 31 anos, acionou a polícia para confessar o próprio crime, no sábado, logo após a morte da jovem.

Ele contou que os dois estavam em casa, fazendo um churrasco, quando começaram a brigar. Ernando suspeitava que Gabrielly estivesse o traindo e pediu para verificar o celular dela, o que ela teria permitido, na primeira vez.

No entanto, ainda desconfiado, o marido tentou pegar o celular mais uma vez. Nesse momento, Gabrielly jogou o aparelho no chão, o quebrando.

Em seguida, o marido jogou a vitima no chão e pegou um canivete que estava em seu bolso. Ele a feriu no peito, com três golpes. Gabrielly morreu ainda no local.


Após cometer o crime, Ernando ligou para a Polícia Militar e disse que tinha assassinado a sua mulher. Equipes do Corpo de Bombeiros e Polícia Civil foram até o local para constatar a morte e fazer o isolamento.

Os policiais encontraram também, na residência, uma espingarda calibre 22, que estava em cima do guarda-roupas.

O homem foi preso em flagrante. O crime será investigado pela Polícia Civil.

Comentários