ESPORTES ▸ BRASILEIRÃO

Flamengo vence Atlético-MG no Maracanã e diminui a pressão sobre Barbieri

No ritmo de Lucas Paquetá, na eficiência de Trauco e com a digital do pressionado Mauricio Barbieri, o Flamengo embolou o grupo de cima da tabela do Brasileiro. Com a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, ontem, no Maracanã, o Rubro-Negro diminuiu para três pontos a diferença em relação ao líder São Paulo. O bom desempenho dá gás ao time que, quarta-feira, no Itaquerão, precisa ganhar do Corinthians para passar à final da Copa do Brasil. Em caso de empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

Sem Diego, Barbieri escalou Willian Arão e adiantou Lucas Paquetá. Além disso, o treinador barrou Vitinho e Renê. Matheus Sávio e Trauco começaram a partida. Entre erros e acertos, as decisões do treinador pesaram para o lado positivo na balança.

Logo no primeiro minuto, as escolhas de Barbieri se mostraram acertadas. Trauco fez boa jogada individual pela esquerda e rolou para Willian Arão abrir o placar.

A única opção do treinador que não correspondeu a confiança por ele depositada foi Matheus Sávio. Perdido e inseguro, passou a ser vaiado e saiu no intervalo para a entrada de Vitinho.

Antes disso, aos 22 da etapa inicial, Léo Silva subiu entre Paquetá e Willian Arão para, de cabeça, desviar de cabeça escanteio cobrado por Luan e igualar o marcador.

Henrique Dourado teve dois gols bem anulados. Impedido, o atacante balançou as redes aos 13 do primeiro tempo e aos 12 do segundo. O centroavante, porém, conseguiu dar continuidade às jogadas quando era acionado como pivô. O camisa 19 larga na frente na disputa por um lugar na equipe que enfrenta o Timão na quarta.

Pouco antes o Flamengo resolveu o jogo. Mais uma vez em passe de Trauco, que fez cruzamento perfeito pela esquerda, Paquetá marcou de cabeça e partiu para comemorar à moda passinho.

Diante do Corinthians, quarta-feira, Barbieri volta a contar com Diego — o meia cumpriu suspensão, ontem, por ter sido expulso contra o Vasco —. E a atuação de ontem pode ajudar o treinador a escolher um caminho. Além da boa sequência de Arão, o treinador se mostra insatisfeito com o lado esquerdo do time. Por isso, Paquetá pode atuar mais adiantado no Itaquerão. Pelo Brasileiro, o Rubro-Negro pega Bahia e Corinthians, fora, antes do Fla-Flu.

Comentários