CIDADES ▸ CADEADO

Fazendeiro fecha estrada em Poconé e revolta moradores de comunidade

São vários quilômetros entre propriedades rurais e comunidades, na região do piraim. Por décadas, a estrada tem sido o caminho utilizado por moradores locais, mas uma recente interdição vem mudando a rotina na região.

Embora seja uma estrada reconhecida e utilizada por muita gente no município, a via passa dentro de uma propriedade particular, para garantir o direito de chegarem em suas propriedades, os moradores preparam uma ação na Justiça.

A medida pegou de surpresa e irritou gente como o Advogado Lourival Soares, que sempre utilizou o trajeto para chegar em sua propriedade rural. A estrada é uma passagem de servidão que, em termos legais, significa uma passagem permitida dentro de um terreno ou propriedade alheia. 

Atualmente na Comunidade Piraim, são cerca de 39 famílias assentadas que estão passando por dificuldades para deslocar até o município de Poconé, devido ao fechamento da porteira com cadeados na propriedade rural.

No começo do mês um Boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Poconé, solicitando providencias sobre os fatos, segundo o documento, além do trancamento da estrada, o comunicante relatou que após o fazendeiro tomar conhecimento do registro do Boletim de Ocorrência acabou o ameaçando de morte.

Prefeitura sempre realizou manutenção na estrada interditada:

Todo ano no período da seca, com a diminuição do volume das águas decorrentes ao período de cheia do Pantanal, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) realiza os trabalhos de recuperação da estrada, ou seja, sabendo da necessidade dos ribeirinhos e propriedades locais, a Prefeitura há anos vem realizando a manutenção no local.

 

Galeria de Fotos

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários