POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2020

Fábio Garcia: Não tenho lágrima nenhuma para Emanuel ser candidato à reeleição em Cuiabá

O suplente de senador, Fábio Garcia, presidente do Democratas, em Mato Grosso disse que o fato do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ser amigo de longa data da família Campos não o credencia para que o partido o apoie na sua possível candidatura à reeleição, em 2020.

"Sem problema nenhum. Ele pode ser amigo de todo mundo. Isso não transforma o Emanuel no candidato que o DEM possa apoiar. Uma coisa é absolutamente diferente da outra", disse Garcia em conversa com jornalistas durante a reabertura da Santa Casa de Cuiabá, na manhã desta terça-feira (23).

Em entrevistas recentes, Emanuel comentou em tom de brincadeira que o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, "até chora para que ele concorra à reeleição".

Questionado se procedia o apoio de uma das principais lideranças do DEM ao prefeito, Fábio ironizou a situação.

"Uai, isso é uma conversa dele com o Botelho. Eu não tenho lágrima nenhuma para ele [Emanuel] ser candidato à reeleição".

Nos bastidores, há muitos comentários de que o DEM estaria rachado em torno da discussão, pois existiria um grupo que apoiria a reeleição de Emanuel e outro que defende que o partido lance uma candidatura própria, majoritária ao Palácio Alencastro: 

Garcia nega qualquer divisão na legenda, mas que de antemão defende um projeto próprio para o DEM visando à Prefeitura de Cuiabá.

"Eu avalio que o Emanuel não é um bom administrador para Cuiabá e defendo que o Democratas não o apoie à reeleição. Defendo ainda que o DEM tenha um novo projeto para a cidade. Não tem crise em possível divisão, cada um tem sua posição, que será discutida dentro do partido, em momento oportuno", ressaltou. 

Comentários