MUNDO ▸ ALERTA

Explosão em embaixada dos EUA em Cabul acende alerta em meio a crise com Talibã

Um projétil explodiu na embaixada dos Estados Unidos em Cabul, capital do Afeganistão, nesta terça-feira (10). Ninguém se feriu, de acordo com a agência Associated Press.

O ataque ocorre um dia depois de o presidente norte-americano, Donald Trump, romper de vez as conversas com o grupo extremista Talibã, em que tentaria chegar a um projeto de paz com o governo afegão apoiado pela Casa Branca (leia mais no fim da reportagem).

No domingo, o Talibã ameaçou os Estados Unidos após Trump cancelar a reunião. Em comunicado, o porta-voz do grupo disse que os norte-americanos "vão sofrer mais do que ninguém, toda sua credibilidade se verá minada". "As perdas humanas e financeiras aumentarão." Ninguém, no entanto, assumiu a responsabilidade pelo ataque.

Além disso, nesta quarta-feira, os atentados de 11 de Setembro de 2001 completam 18 anos, o que deve reforçar o alerta das autoridades norte-americanas no Afeganistão e em outras partes do mundo.

Comentários