MUNDO ▸ DIVIDAS

Ex-soldados invadem Congresso da Guatemala para exigir indenização

Ex-soldados da Guatemala invadiram nesta terça-feira (19) uma parte da sede do Congresso e incendiaram veículos estacionados nos arredores do prédio. O grupo de militares exigia uma indenização por seus serviços prestados durante a Guerra Civil (saiba mais no fim da reportagem).

Os manifestantes quebraram uma porta de metal e invadiram o estacionamento do Congresso, e também colocaram cadeados em várias portas para evitar a saída de alguns deputados e funcionários.

A TV local transmitiu ao vivo imagens do fogo e das colunas de fumaça que saíam dos veículos estacionados.

De acordo com veículos locais guatemaltecos, houve cenas de agressão física. Um jornalista que cobria o tumulto teve parte do equipamento danificado. A polícia disse que prendeu supostos responsáveis pelos distúrbios.

Guerra Civil
O protesto foi convocado em repúdio à suposta recusa dos deputados a aprovar um projeto de lei que autoriza uma indenização equivalente a quase R$ 84 mil a cada soldado aposentado por seus serviços durante a Guerra Civil (1960-1996).

O conflito interno deixou 200 mil mortos e desaparecidos, muitos deles indígenas, a maioria nas mãos do Exército.

Comentários