POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2020

Ex-presidente Lula deveria vir a Cuiabá manifestar apoio à eleição de Julier

Solto desde o início de novembro, após passar 580 dias em uma cela na sede da superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pode vir a Cuiabá manifestar apoio à possível candidatura do ex-juiz federal Julier Sebastião, que se filiou recentemente ao Partido dos Trabalhadores. A previsão da visita foi feita pelo presidente do PT na capital, o servidor público Bob Almeida.

De acordo com Bob, a Executiva Nacional do PT fez a exigência de que exista candidaturas próprias nas capitais. Ele também afirmou que o ex-presidente já se propôs a viajar por todo o país participando das campanhas nas eleições municipais do ano que vem.

“O Lula, sem dúvidas é o maior nome e a expressão que o PT tem hoje. Ele já se dispôs a andar pelo Brasil para fazer campanhas para os candidatos e o PT tem dito nacionalmente que teremos candidaturas em todas capitais do país. O Julier está vindo para o PT com este compromisso e possivelmente ser o nosso candidato à prefeito”, disse o dirigente do partido, que tomou posse na semana passada.

O ex-presidente, já declarou, após ser solto, que defende que o PT lance o maior número possível de candidaturas próprias em cidades importantes nas eleições municipais de 2020.

Lula que estava preso por ser condenado sob a acusação de aceitar um imóvel, em Guarujá (SP), como propina paga pela empresa OAS, em troca de contratos com a Petrobrás, foi solto no dia 8 de novembro, um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que um condenado só pode ser cumprir pena após o trânsito em julgado, alterando jurisprudência de 2016, que permitia a prisão depois da condenação na segunda instância.

Comentários