POLÍCIA ▸ TRAGÉDIA FAMILIAR

Encontrado morto, médico perdeu mãe há 10 anos por suicídio em Mato Grosso

Amigos e familiares lamentam a morte do médico psiquiatra Miguel Eduardo Santos Araújo, 31. Ele foi encontrado morto no final da tarde de terça-feira (24), dentro do banheiro de sua casa, no bairro Bela Vista, em Nova Mutum (264 km ao Norte).  A fatalidade aconteceu 24 dias antes de completar 10 anos da morte da mãe, qual ele chegou a falar abertamente nas redes sociais, alertando as famílias sobre os perigos da depressão.

Conforme as informações apuradas, polícia foi acionada assim que um disparo de arma de fogo foi ouvido dentro da casa. Quando os policiais chegaram, já encontraram o médico caído no banheiro, ferido com um tiro na região da cabeça.

Corpo de Bombeiros esteve no local e atestou a morte em seguida. Ao lado da vítima estava uma pistola Glock G17, além 17 munições. A nota fiscal da arma foi encontrada e entregue à polícia. O caso foi registrado como suicídio.

Lamento

Miguel era genro do prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro. Em nota, ele lamentou o ocorrido. “Dr. Miguel era um profissional exemplar, já havia prestado serviço na rede SUS de Diamantino, Nova Mutum e deixará muita saudade [...] Enlutados, registramos nosso profundo pesar e condolências a todos os entes queridos”, diz a nota.

Nas redes sociais, pacientes também lamentaram a partida do médico. “Não dá para acreditar nisso. Ainda sem palavras. Sempre com o sorriso no rosto e cuidando da gente com muito carinho. Estou muito triste”, disse um deles.

“Muito triste um ótimo profissional meu médico me ajudou muito em minhas crises de ansiedade fica aqui meu agradecimento pela sua atenção. Obrigada Doutor e descanse em paz”, disse outra.

Morte da mãe

Em 2012, Miguel perdeu a mãe. Ela cometeu suicídio no dia 17 de junho, aos 46, dentro de casa, na cidade de Pontes e Lacerda. Na época, o jovem cursava o 8º semestre de medicina e chegou a gravar um vídeo alertando sobre os perigos da depressão.

O velório do médico começou às 7h desta quarta (25) e segue até às 12h no Memorial Capela 2 irmãos, em Nova Mutum. Depois, o corpo será levado para Pontes e Lacerda. O sepultamento está marcado para acontecer na manhã de quinta (26).

Comentários