POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES

Em Cuiabá, Comitiva do Araguaia pede a Prefeito Emanuel Pinheiro que dispute Governo em 2022

Uma comitiva de prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região do Vale do Araguaia, se reuniu com Emanuel Pinheiro (MDB), na tarde desta quinta (13), para pedir ao prefeito da Capital que dispute o governo. O prefeito de Alto Boa Vista (1.059 km de Cuiabá), José Maranhão (PTB), acredita que o gestor estadual precisa ter o perfil do prefeito da Capital que atende os prefeitos dos municípios pequenos e sabe dos problemas que cada um enfrenta.

“Viemos conversar com o prefeito Emanuel Pinheiro porque vemos nele uma liderança humilde, que ouve as pessoas, que sabe das nossas dificuldades enquanto interior do Estado. Respeitamos o governador Mauro Mendes, mas Emanuel tem o perfil que Mato Grosso precisa e vamos trabalhar para que isso se transforme em votos para salvar nossos municípios”, disse Maranhão.

O vereador por Alto da Boa Vista, Osvaldo Levino de Oliveira, o Nivaldinho do Posto (DEM), é mais crítico. Segundo ele, o governador desrespeita os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do interior.

"Estamos sendo penalizados nesta gestão atual. Principalmente os servidores, como por exemplo, os policiais. Nossa região não ganhou nada com esse governo. E para falar com ele [Mauro Mendes], o tempo de cada prefeito é limitado em um minuto. Um desrespeito por alguém que muitas vezes rodou mais de mil quilômetros. Ele tem um vice, que acha que todas as cidades de Mato Grosso é igual a cidade que ele administrou [Lucas do Rio Verde], onde a arrecadação é muito maior. Achamos que o único nome que tem a capacidade de disputar a próxima eleição é o prefeito Emanuel Pinheiro. Em todos os lugares que nós vamos, a conversa é a mesma, Emanuel é o único nome para disputar em 2022”, pontuou Nivaldinho.

Ex-prefeito de Luciara (1.200 km distante da Capital), Fausto Azambuja Filho, lembra que administrou a sua cidade nos dois primeiros anos de gestão Mauro. Para ele, o Governo Estadual não administra para quem está na ponta. "Não tem diálogo, não tem meu apoio”, comentou.

Da região da Baixada Cuiabana, o presidente da Câmara de Santo Antônio de Leverger Rômulo Queiroz, o “Rominho” (PV), participou do encontro e lamentou a situação em que vive a gestão estadual. "Estou vendo que o problema não é só com os municípios próximos a ele. É o mesmo sentimento de todos, de desprezo. Pode ser conosco que estamos há 30 km ou com os demais municípios distantes mais de mil quilômetros", afirma o vereador.

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro agradeceu a comitiva por declarar apoio ao seu nome. "Esse sentimento está crescendo para que eu dispute, mas, o futuro a Deus pertence. O que tenho para falar hoje da atual administração estadual é que esse Governo é sem diálogo, desconectado dos municípios, sufoca o setor produtivo, desrespeita os servidores públicos e tudo isso tem uma consequência para todos, nada anda, tudo fica travado. Vivemos um Estado sem perspectiva”, finalizou o prefeito.

Comentários