CIDADES ▸ AMEAÇAS

Dono de barco diz que vai trazer Turista em Poconé; MP manda investigar

Um procedimento investigatório já foi instaurado pelo Ministério Público (MPMT), através da Promotoria de Justiça de Poconé para apurar as afirmações feitas por um suposto dono de um barco hotel no município que desafiou o poder público e disse que vai descumprir o decreto que dispõe sobre medidas temporárias de prevenção e enfrentamento da propagação decorrente do novo coronavírus (Covid-19).

Em áudio enviado em grupos de whats app na cidade de Poconé, o suposto empresário diz que os turistas que estiverem chegando no pantanal serão atendidos pela sua empresa e caso a prefeitura continuar com a ideia de parar tudo serão seus inimigos.

Em despacho, o promotor de justiça abriu o procedimento investigatório, considerando que o descumprimento deliberado e o incitamento ao descumprimento de tais normativas pode acarretar a responsabilização criminal, além ensejar a responsabilização pelos crimes de infração de medida sanitária preventiva.

O promotor determinou a atuação da noticia de fato, juntada dos documentos e áudios remetidos pelo denunciante e requisitou a investigação dos fatos por parte da Policia Civil.

Veja a Transcrição do Áudio:

“Boa tarde Dodô, tudo bem? É o seguinte, eu tô indo embora do pantanal amanhã tá!? Eu vou colocar carro de som dentro de Poconé pedindo ‘pro’ povo sair para a rua, trabalhar e cuida dos seus ‘véio’ que é o grupo de risco, nós precisamos fazer voltar a girar o município, meus turistas que porventura estiverem vindo eu vou atendê-los da mesma forma tá!? Se vocês da Prefeitura quiserem conversar comigo e tratar desse assunto eu tô aberto a conversar, tá bom? Mas se vocês continuarem com essa ideia de querer parar tudo e frear tudo e ir contra o Governo Federal infelizmente vocês são meus inimigos, tá bom!? Então, amanhã de manhã eu estarei passando por Poconé, se você tiver interesse em conversar e o Prefeito também estou a disposição, senão partimos para a guerra, tá bom?”

Comentários