POLÍTICA ▸ BOTELHO

Deputado reassume presidência da Assembléia Legislativa de MT

Após um mês afastado da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) reassume a presidência do Parlamento Estadual na próxima semana. O democrata retoma as atividades oficialmente na segunda-feira (03). 

Com isso, a deputada estadual Janaína Riva (MDB) retorna a primeira-secretaria, e o vereador Toninho de Souza (PSD), que assumiu a vaga de Botelho durante a licença, volta para a Câmara de Cuiabá. O presidente da Assembleia entrou com pedido de licença por 121 dias em 29 de março para tratar de assuntos pessoais. Desde que se afastou das funções parlamentares, ele já havia avisado a sua substituta imediata, deputada Janaína Riva, que ficaria fora por cerca de um mês. 

O pedido de licença por quatro meses foi justamente para contemplar a emedebista e o vereador por Cuiabá, tendo em vista que, conforme o Regimento Interno do Legislativo, o afastamento por menor tempo não abre brecha para substitutos. Botelho reassume a presidência do Parlamento Estadual em meio a negociações com os profissionais da educação, que estão paralisados desde a última segunda-feira (27). Entre as reivindicações da categoria está o chamamento de concursado para as vagas livre, cumprimento da Lei nº 510/2013 e pagamento dos restos a pagar da RGA de 2018 para assegurar Lei da Dobra do Poder de Compras dos profissionais da Educação. 

A fim de garantir o fim da greve, nesta quinta-feira (30) o governador Mauro Mendes confiou aos deputados estaduais as negociações com o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep). 

Após reunião com parlamentares, onde apresentou todos os balancetes do Estado, o chefe do Executivo pediu para que o Legislativo faça essa intermediação e encontre um consenso. 

Com a volta de Botelho para Assembleia, Toninho reassume a sua cadeira no Parlamento Cuiabano. Com isso, também reassume a função de presidente da Comissão de Ética, que está investigando o vereador Felipe Wellaton (PV).

Comentários