ESPORTES ▸ BRASILEIRÃO

Cuca cita Cleber Machado e diz que árbitro de vídeo brincou em derrota do Santos

O técnico Cuca, do Santos, fez críticas ao VAR após a derrota de sua equipe por 1 a 0 para o Flamengo, neste domingo, na Vila Belmiro, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Santos teve dois gols anulados, um de Raniel e outro de Marinho, por impedimento com a ajuda do árbitro de vídeo André Luiz de Freitas Castro. Wilton Pereira Sampaio apitou no campo.

Cuca se incomodou com a demora e contestou as decisões "por uma manga da camisa". O treinador do Peixe citou até um famoso bordão de Cleber Machado, narrador da Globo, ao reclamar.

– O resultado pode ter escapado, mas a boa partida não. O que nós fizemos nos dá um norte muito maior do que ganhar um jogo que não mereceu. Nós envolvemos o adversário, principalmente no primeiro tempo. Fomos penalizados com uma falha e tomamos o gol, mas jogamos um futebol que era para estarmos saboreando o bom jogo, mas no fim estamos discutindo a manga da camisa na frente. Isso que está ficando chato. Os caras estão chamando a arbitragem para ficar discutindo cinco minutos. Não tem como o jogador não ficar pilhado. Todo mundo fica louco. Parece aquele jargão do Cleber Machado: "Hoje sim, hoje sim, hoje não". De novo não? Está chato – disse Cuca.

– Não entendo mais as regras do VAR. Jogador, comissão técnica e até a arbitragem fica pilhada, mais por causa do VAR do que tudo. Hoje, o André (Luiz de Freitas Castro), que é parceiro lá de Goiânia, brincou no VAR, né? Queria poder falar do jogo bom que a gente fez. O que ficou de bom é isso. Às vezes, um bom jogo assim vale mais do que o resultado – completou Cuca.

Comentários