ECONOMIA ▸ ENERGISA

Consumo de energia elétrica aumenta mais de 12% em todo estado de Mato Grosso

O consumo de energia elétrica segue alta em Mato Grosso, com destaque para a indústria de alimentos, minerais não-metálicos, serviços e comércio. Os dados são do Monitoramento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.

Em março e abril, Mato Grosso registrou a maior alta no consumo de energia elétrica entre os estados brasileiros, segundo dados preliminares do Boletim InfoMercado Quinzenal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Os dados mostram que em abril foram utilizados 1.267 megawatts médios, o que representa um volume 12% maior em relação ao mesmo período de 2021.

Conforme o levantamento, quase 80% do volume de energia foi demandada pelo mercado regulado, que cresceu 13% em Mato Grosso nos últimos 12 meses. O restante foi consumido pela indústria e grandes empresas, como shoppings e lojas, que compram energia no mercado livre. O ambiente avançou 9,5% em abril.

O setor cita que o destaque ficou para as indústrias do gênero alimentício. Foram 135 MW médios utilizados em abril, o que representa um crescimento de 2% em relação ao ano passado, segundo o CCEE.

A extração e refino de minerais não-metálicos em Mato Grosso, demandou 46 MW médios, alta de 17%. Os setores de Serviços e Comércio, avançaram 54% e 31%, respectivamente, no comparativo anual, impulsionados ainda pelas novas cargas que migraram para o mercado livre no estado.

Comentários