POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2020

Chefe do Procon diz que define disputa em Cuiabá somente no início de 2020

A superintendente do Procon, Gisela Simona (Pros), afirmou que definirá somente no início de 2020 se estará apta para disputar a Prefeitura de Cuiabá.

Simona concorreu a uma das oito vagas de Mato Grosso na Câmara Federal, nas eleições de 2018. Com 50,6 mil votos, ela foi a nona mais votada do pleito. Neste ano, foi nomeada pelo governador Mauro Mendes (DEM) para o comando do Procon, cargo que já havia assumido no passado.

Internamente, a sigla já vem trabalhando o nome dela para a disputa. O presidente do partido em Mato Grosso, deputado estadual João Batista, tem mantido diálogos com o Podemos, do vice-prefeito de Cuiabá Niuan Ribeiro, e o PDT, do ex-juiz federal Julier Sebastião.

“Essa questão de candidatura não tem nada definido. Isso a gente vai ver se é positivo ou não. Acredito que no próximo ano, logo no início do ano, a gente deve fazer essa decisão. Hoje, estamos trabalhando com o partido”, disse ela em entrevista à rádio Capital FM, nesta segunda-feira (16).

Gisela disse que deve trabalhar, por ora, no fortalecimento do Pros no Estado. Ela deve assumir a presidência da sigla em Cuiabá em um evento marcado para o próximo dia 28 de setembro.

“Essa questão de ter uma mulher pela primeira vez no comando do Pros em Cuiabá é algo que é importante para nós. Então, estamos trabalhando no sentido de fortalecer o partido. Acreditamos que o momento é este. E qualquer definição de nomes, de cargos, acontece no próximo ano”, afirmou.

“A minha vocação é servir o povo. Gosto muito do trabalho de estar constantemente lidando com o público de maneira geral. E dentro deste contexto, temos trabalhado junto com o Procon, fazendo gestão. Acredito que meu perfil é exatamente este. A gente trabalha dentro daquilo que a população nos dá oportunidade de trabalhar”, completou.

Comentários