MUNDO ▸ CONDENADO

Chefe de rede de chantagem sexual online é condenado a 40 anos de prisão na Coreia do Sul

Um operador de salas de bate-papo online na Coreia do Sul foi condenado na quinta-feira (26) a 40 anos de prisão sob a acusação de chantagear dezenas de mulheres, incluindo menores de idade, para filmar vídeos sexualmente explícitos e vendê-los para outras pessoas.

O Tribunal Distrital Central de Seul condenou Cho Ju-bin, de 24 anos, por violar leis sobre proteção de menores e organização de quadrilha criminosa, disse o porta-voz do tribunal Kim Yong Chan.

O tribunal decidiu que Cho “usou vários métodos para atrair e chantagear um grande número de vítimas para fazer conteúdo sexualmente abusivo e distribuí-los a muitas pessoas por um período prolongado”, de acordo com Kim. “Ele revelou a identidade de muitas vítimas e infligiu danos irreparáveis a elas.”

Cho afirmou que apenas enganou as vítimas para fazer tais vídeos, mas que não as chantageou ou coagiu, o que levou algumas das vítimas a testemunhar no tribunal.

Comentários